Assembleia Municipal de Vila do Conde aprova redução na taxa de IMI

Foi aprovada por unanimidade, em Assembleia Municipal, a proposta para a descida do IMI (Imposto Municipal Sobre Imóveis) nos prédios urbanos para 2021, que passará dos 0,34% para 0,32%.

O objetivo do município em atingir a taxa mínima mantém-se, reduzindo a taxa de IMI em cerca de 36% em seis anos, estando no valor de 0,50% em 2015 e passando para 0,32% em 2021.

Esta medida é considerada um passo essencial para ajudar as famílias, ao não serem suportados pelos vila-condenses cerca de 11 milhões de euros em impostos, a que acresce o IMI familiar implementado em 2018, que adequa o imposto à dimensão do agregado familiar. O município aproxima-se assim do caminho definido pelo executivo municipal em 2017, de atingir o valor mínimo da taxa de IMI, até ao final deste mandato.

A título de exemplo, a autarquia explica que uma família com 2 filhos, com um imóvel avaliado em 100 mil euros, no ano de 2015 pagou 500 euros de IMI. No ano de 2021 terá de pagar 280 euros traduzindo-se numa poupança para a família de 220 euros,