Clube Taurino reagenda tourada na Póvoa para julho de 2020

2489

Após a decisão do tribunal desta sexta-feira (ver noticia, https://maissemanario.pt/domingo-nao-ha-tourada-na-povoa-apos-decisao-de-tribunal/ ), o Clube Taurino da Póvoa e a empresa Aplaudir “decidiram reagendar a tourada deste domingo para julho de 2020”, apontando também a possível instabilidade das condições meteorológicas que podiam ameaçar a realização da corrida até ao final desta temporada tauromáquica a 1 de novembro.

Em comunicado assinado por Rui Porto Maia, presidente do Clube Taurino, é indicado que os espetadores “que já tinham comprado bilhete, podem solicitar a devolução do valor no local onde o ingresso foi adquirido”, garantindo que “a nossa preocupação sempre foi a valorização da cultura taurina e proporcionar um bom espetáculo tauromáquico a quem se deslocasse à praça amovível”.

Sobre a decisão do tribunal, Rui Porto Maia afirma que “não seria uma questão burocrática, como a invocada pelo TAF, que nos iria impedir de realizar a corrida ainda em 2019. Para nós, seria sempre uma questão de tempo. O TAF analisou o pedido de instalação da praça de touros e deu razão em toda a linha à organização, embora tivesse considerado ser necessária a entrega de um documento do proprietário indicando expressamente a não oposição para a montagem da praça de toiros”.

A nota termina com a reafirmação que “em julho de 2020 as touradas voltarão à Póvoa de Varzim”.