DGS está a preparar manual para as escolas agirem em casos de covid-19

18

No dia 7 de setembro, próxima segunda-feira, a Direção Geral de Saúde vai divulgar um manual que será um instrumento de apoio aos estabelecimentos de ensino para agir perante casos suspeitos ou confirmados de ​​​​​​​covid-19, de forma a controlar “o pânico” e a “tendência de encerrar toda a escola”, disse Graça Freitas, diretora-geral de Saúde.

O documento será conhecido cerca de uma semana antes do arranque do ano letivo, que está previsto começar entre os dias 14 e 17 de setembro.

Na próxima semana, regressam as reuniões entre especialistas, responsáveis políticos e parceiros sociais no Infarmed sobre a evolução da pandemia de covid-19 e nesse dia já será possível conhecer algumas das orientações.

“Na próxima reunião do Infarmed já será possível dar algumas indicações” às escolas, revelou a diretora-geral durante a conferência de imprensa da DGS para fazer um balanço sobre a situação epidemiológica em Portugal.

Durante a pandemia de covid-19, a intervenção nas escolas, que reabrem dentro de duas semanas, deve ser “direcionada e focada e não expandida a toda a escola para perturbar o mínimo possível e com segurança o ano letivo”, explicou na segunda-feira Graça Freitas.

Foto arquivo – José Alberto Nogueira