“Em.graça-te” para ajudar a Maria da Paz Varzim

0
1740

Uma toalha de cabelo feita artesanalmente, com materiais orgânicos e reciclados. A graça é poveira e, este Natal, quer angariar fundos para as crianças do Instituto Maria da Paz Varzim.

No fim do duche, a típica toalha na cabeça para secar o cabelo pode tornar-se desconfortável ou difícil de equilibrar. Para minimizar este problema, surge a graça, uma toalha de cabelo “totalmente ecofriendly”. Rosário Matias, a criadora da marca, diz que o produto segue a linha da “consciência e preservação ambiental”, enquanto garante “liberdade e comodidade” para o utilizador.

A proposta é enrolar o cabelo na toalha, feita à mão “com algodão orgânico, com certificação GOTS [Global Organic Textile Standard]”, e prendê-la com o botão incorporado “de madeira de oliveira”. A própria embalagem é material reciclado, conta Rosário, adiantando que a “qualidade” e “utilidade” do produto já atraíram muita gente à toalha poveira: “depois de se experimentar a graça, já não é viável o uso da toalha convencional”.

Foi a popularidade crescente da marca, nascida no início do ano, que fez nascer uma ideia. O “reconhecimento e carinho” do público inspirou Rosário a devolver esses sentimentos, através de uma campanha solidária. “Se estou tão feliz com as minhas graças, nada melhor que partilhar este contentamento e fazer algo que realmente faça a diferença”, desabafa.

Por isso, relembra pedir “ajuda à senhora vereadora da Ação Social, dra. Andrea Silva, e ao Senhor Presidente da Junta de Freguesia, dr. Ricardo Silva”, de maneira a perceber qual a instituição indicada para o projeto. No fim, Rosário Matias afirma que a escolha foi simples e unânime: “o Instituto Maria da Paz Varzim seria a instituição que a graça ia ajudar!”.