Escritor Rui Zink no Correntes com o Varzim

0
8470

Apoiante do Varzim há mais de 50 anos, o escritor Rui Zink está de novo no Correntes d’Escritas, onde na tarde de quinta-feira integrou a Mesa 4 com o tema “se as torturarmos as palavras acabarão por confessar”.

Apaixonado adepto do Varzim “desde os meus cinco, seis anos”, Rui Zink acrescentou: “Já então o Varzim lutava. Levava muitas vezes na corneta mas lutava. E eram os Lobos do Mar! A minha imaginação romântica de pequeno príncipe  – todos os rapazinhos de cinco, seis anos são pequenos príncipes, vem na lei – levou-me a aderir ao Varzim Sport Club. E fui dizendo. Digo-o (bolas, já?) há mais de cinquenta anos”.

Para o registo da 18ª edição do evento literário Rui Zink tirou uma foto juntamente com Aires Pereira, presidente da Câmara da Póvoa de Varzim e Carlos André, adepto do clube poveiro.

Foto: José Novais