GNR inicia nesta segunda-feira Operação Campo Seguro 2024

0
816
Foto: GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) começa nesta segunda-feira, 1 de julho, a Operação Campo Seguro. A ação, que decorre até 16 de fevereiro do próximo ano, visa reprimir a prática de crimes de furto de produtos e máquinas agrícolas, crimes de tráfico de seres humanos em contexto laboral e prevenir a ocorrência de acidentes com veículos ou máquinas agrícolas e florestais.

Para tal, “serão intensificadas as ações de patrulhamento e fiscalização tendo em vista a sazonalidade das culturas agrícolas e florestais de cada região, direcionando-as para os locais, dias e horas de maior risco, tendo em conta o histórico de furtos, sendo ainda desenvolvidas ações de controlo e de fiscalização do transporte de produtos agrícolas e florestais nos pontos de passagem da fronteira terrestre, em coordenação com a Guardia Civil para fazer face à criminalidade transfronteiriça”, explica a GNR em comunicado.

Serão ainda realizadas ações de sensibilização e informação, junto dos proprietários, entidades locais e regionais associadas às explorações agrícolas para promover a divulgação de conselhos com vista à adoção de comportamentos que previnam furtos.

Em 2023, registaram-se 602 acidentes envolvendo veículos agrícolas, registando-se 40 vítimas mortais, 65 feridos graves e 224 feridos leves. Segundo a Guarda, “no que respeita aos acidentes rodoviários com veículos agrícolas, as causas mais comuns identificadas são a distração, falta de destreza e as manobras irregulares. No que respeita aos acidentes com veículos agrícolas, em propriedade privada, as causas mais comuns são a perda de controlo, a irregularidade do terreno e a queda do trator”.

De referir ainda que no mesmo ano de 2023 foram realizadas 1.011 ações de sensibilização, tendo alcançado 8.638 pessoas.