Ladrão esfaqueado vai ao hospital e acaba detido

6243

Foram agora conhecidos mais detalhes sobre o assalto que ocorreu a meio da tarde de 18 de novembro, no qual uma mulher de 25 anos esfaqueou um ladrão que lhe entrara pela casa. Isto em Vila do Conde, avenida Cidade de Guimarães, Caxinas.

Ao que conta a SIC, o homem já tinha assaltado o carro da vítima semanas antes. Encontrou lá uma mala contendo um testamento milionário do qual ela era beneficiária, e isso fê-lo pensar que poderia haver quantia avultada de dinheiro guardado na habitação.

Julgando que ninguém estava em casa, terá subido pela janela das traseiras, onde se deparou com a moradora a ver televisão, que nesse dia não fora trabalhar por estar adoentada. Bateu na mulher violentamente e arrastou-a até à cozinha, mas ela conseguiu munir-se de uma faca, espetando-a no invasor, que na fuga acabou por tropeçar de umas escadas abaixo.

Ferido e ainda de faca cravada no abdómen, escapou com um cúmplice que ficara cá fora à espera numa viatura. Na madrugada seguinte dirigiu-se ao Centro Hospitalar da Póvoa porque não conseguia estancar a hemorragia. Foi tratado mas o hospital já estava avisado, pelas autoridades, de que poderia aparecer alguém com ferimentos de arma branca. O indivíduo foi detido à saída.