Sábado, Setembro 18, 2021
More

    Militar Vilacondense é a primeira mergulhadora da Marinha Portuguesa

    Adriana Oliveira, tornou-se hoje, dia 3 de setembro, a primeira mulher, militar, a concluir o exigente curso para a classe de Mergulhadores da Marinha Portuguesa.

    A militar Adriana Aquino de Oliveira tem 24 anos, é natural de Vila do Conde e é licenciada em Ciências do Mar, pela Universidade dos Açores.

    Após ingressar na Marinha, os militares fizeram a recruta e o juramento da bandeira a 3 de julho de 2020. Seguiu-se a exigente fase do curso para especialização da sua classe. Mais de um ano depois, a primeiro-grumete Adriana Oliveira, mais nove militares, concluíram com aproveitamento e distinção o curso que lhes garante o ingresso na classe de Mergulhador.

    Os Mergulhadores constituem a componente operacional da Marinha na área do mergulho militar e inativação de engenhos explosivos, através do emprego de equipas altamente especializadas que operam num largo espectro de missões, tanto em tempo de paz, como em tempo de guerra. Os Mergulhadores da Armada têm capacidade de mergulhar até 81 metros de profundidade e têm participado ao longo da sua existência em diversas missões de interesse público e noutras missões de relevo, quer nacionais, quer internacionais.

    Artigos Relacionados

    Mais/Semanário