Misericórdia da Póvoa de Varzim conta com mais de 60 infetados com covid-19

Mais de 60 pessoas estão infetadas com o vírus da covid-19 nas residências de idosos da Póvoa de Varzim, situação que a Câmara da Póvoa de Varzim diz estar a acompanhar “com atenção”, estando “preparada para prestar o apoio necessário”.

Este sábado, Andrea Silva, vereadora da Coesão Social da autarquia, explicou que desde abril, a Câmara da Póvoa preparou um espaço com cerca de 60 camas, instalado na Escola Agrícola de Rates “pronto a acolher utentes dos lares de idosos do concelho caso seja requisitado”, mas garantiu que, até agora, “não foi preciso ativar essa infraestrutura”.

Sobre o número de infetados na Misericórdia da Póvoa de Varzim, conhecida na noite de sexta-feira, a autarca referiu que “acompanhamos a situação com muita atenção e estamos preparados para prestar apoio necessário à Misericórdia. Felizmente, a instituição disse-nos que tem a situação controlada e que já tomaram as medidas no seu plano de contingência, de acordo com as indicações das autoridades de saúde”.

No dia de ontem, em declarações a uma rádio local, Virgílio Ferreira, provedor da Misericórdia da Póvoa de Varzim, confirmou que 62 utentes da instituição estão infetados com o novo coronavírus.

“Nos dois lares, a testagem aos 98 utentes, feita há três dias, revelou 57 infetados, enquanto no pensionato cinco pessoas das 21 que lá residem também testaram positivo. Alguns estão assintomáticos outros têm sintomas ligeiros, mas a nossa equipa clínica está a controlar a situação”, disse Virgílio Ferreira.