Parque de estacionamento do antigo quartel da Póvoa vai ser ampliado para o dobro

3402

A capacidade de estacionamento de automóveis vai duplicar no atual parque do antigo quartel da Póvoa, com a construção de um piso superior, numa obra que a Câmara irá realizar durante o ano de 2020.

A novidade foi apresentada por Aires Pereira, presidente da Câmara, na sessão da apresentação do projeto de reabilitação do Bairro da Matriz, e que decorreu na noite de sexta-feira no Museu Municipal.

A obra de ampliação do parque deverá estar concluída num prazo de 8 meses e vai custar ao município 750 mil euros, transformando o equipamento em dois pisos (rés do chão e piso superior) que ficará com a capacidade total para 430 veículos.

Após a construção, o parque irá funcionar num modelo de low cost (baixos custos) com os preços a variarem entre os 25 e os 40 euros mensais, dependendo do horário de utilização. O valor hora rondará os 40 cêntimos, tarifário idêntico ao que é praticado no parque localizado em frente à Basílica do Sagrado Coração de Jesus, onde permaneceu durante décadas a antiga fábrica do Quintas.

Esta foi a solução apresentada pela autarquia para resolver a questão do estacionamento no Bairro da Matriz após a intervenção urbana que está em curso e que abrange 17 ruas daquela zona.

Na sessão, à qual compareceram mais de 100 pessoas, foram esclarecidas as dúvidas levantadas por residentes no bairro e também a circulação do trânsito, a qual vai incluir a abertura de uma nova via entre as traseiras da igreja Matriz e do colégio do Sagrado Coração de Jesus.

Foram ainda apresentados os benefícios fiscais, que podem atingir os 70% e algumas isenções, além de apoios financeiros a juros muito reduzidos para os proprietários que decidam requalificar os prédios existentes no bairro.