Penáltis com remates aos postes ditam afastamento do Rio Ave da Liga Europa (fotos)

O Rio Ave esteve a 1 minuto da fase de grupos da Liga Europa, quando nos derradeiros segundos do prolongamento sofreu o golo do empate, na marcação de uma grande penalidade a castigar uma mão de um defesa do emblema de Vila do Conde.

No desempate através de penáltis, a sorte não sorriu ao Rio Ave, em que por duas vezes a bola foi aos postes.

A equipa de Mário Silva bateu-se com rigor e jogou o “jogo pelo jogo” em muitos momentos dos 120 minutos, frente a um Milan recheado de grandes jogadores e dos cerca de 700 milhões de euros que separam os orçamentos dos dois clubes.

Os golos surgiram após o intervalo, com os italianos a marcarem primeiro, mas Geraldes aos 71m restabeleceu a igualdade que durou ao até ao final do tempo regulamentar.

Logo no início do prolongamento, Gelson Dala numa incursão pela esquerda do ataque do Rio Ave, marcou e deu a reviravolta ao marcador. Depois o Rio Ave aguentou o Milan e controlou o jogo até ao momento final em que surgiu o panálti que colocou a equipa italiana na decisão dos penáltis.

No desempate das grandes penalidades, e perante muita chuva, só ao final de 24 pontapés o Milan garantiu a entrada na fase de grupos. Para o Rio Ave fica o consolo de ter realizado uma boa exibição e de em muitos minutos de jogo ter estado melhor que o seu adversário.

Fotos de José Alberto Nogueira.