Pescador da Póvoa retido em barco no Peru

0
798

O pescador Manuel Silva, da Póvoa de Varzim, fez um vídeo revelando que está há mais de uma semana retido num barco no porto de Paita, o segundo maior do Peru, na América do Sul. Único português, com mais 17 homens a bordo, está impedido de pisar terra por causa da pandemia. Com mantimentos e combustível no fim, avisa que as autoridades nada fazem.

O pescador de 46 anos, em vídeo publicado nas redes sociais, descreve o ambiente vivido a bordo do barco, do qual é capitão, ancorado a 100 metros de terra. “Não é normal chamar as autoridades portuárias e dizerem-nos que não podem fazer nada. É triste quereres comer e não poder. Quereres por a tua gente bem e não conseguires”.

Manuel diz ainda que está há vários meses sem receber salário e que há outros dos barcos naquele porto na mesma situação. O filho já contactou autarquia e embaixada.