Poveira de 62 anos diz que foi agredida na cara com vários socos

4920

Uma mulher de 62 anos residente na Póvoa de Varzim alega que um homem na casa dos 70 a agrediu com vários socos na face.

Tudo se terá passado pelas 19h de ontem junto aos registos da Praça Luís de Camões. A senhora disse à PSP que não sabe porque foi abordada ou agredida.

No local estiveram também os bombeiros, que a transportaram ao hospital da Póvoa, onde deu entrada com ferimentos considerados ligeiros.

De acordo com moradores da zona, a senhora estaria a sangrar da boca. Uma testemunha terá assistido a tudo e diz que o agressor trazia uma capa de chuva transparente.

Até ao momento nenhum suspeito foi identificado.