PSD e PS de mãos dadas na aprovação das contas

263

Bateu tudo certo com as contas da Câmara da Póvoa em 2018, de acordo com maioria PSD e oposição PS. Os dois partidos do executivo foram unânimes na aprovação do Relatório e Contas

A poupança corrente, isto é, a diferença entre a receita e a despesa correntes, apresenta um saldo positivo acima dos 9 milhões de euros. Esse foi um dos destaques de Aires Pereira, presidente da Câmara eleito pelo PSD, no final da reunião do executivo de terça-feira. Mas deu outros. “A dívida total baixou 14%, a capacidade de endividamento é agora de 42 milhões e o prazo médio de pagamento a fornecedores é de 13 dias”, elencou o autarca.

Números que convenceram o PS. “É um relatório sem novidade em relação ao ano anterior. Se aí votámos a favor, agora não havia razão para fazer o contrário. A nossa apreciação é positiva, tem havido cuidado em manter as contas equilibradas. As receitas são boas, a despesa está controlada e o passivo baixou”, reconheceu o vereador José Milhazes.