Rio Ave perde na II Liga com penálti muito contestado pelos vilacondenses

0
308

O Rio Ave perdeu, este domingo, no seu estádio por 1-2, frente ao Académico de Viseu, em jogo da 10ª jornada da II Liga. Um penálti a beneficiar os visienses, e que deixou muitas dúvidas, ditou a segunda derrota dos vilacondenses na II Liga.

A equipa orientada por Luís Freire dominou o jogo (mais posse de bola 64% contra 36%), mas só no início da segunda parte abriu o ativo, por intermédio por Aziz, aos 47m. Depois e apesar de ter criado mais oportunidades foi o Viseu que chegou à igualdade por Daniel NuBbaumer aos 78m.

Quando o jogo caminhava para o fim, um lance em que Jhonatan, guarda-redes do Rio Ave cortou a bola com o pé, e depois terá tocado no avançado do Viseu, levou o árbitro a marcar uma grande penalidade contra os vilacondenses, castigo que foi transformado Daniel NuBbaumer, que desta forma deu a primeira vitória do historial do Académico de Viseu em Vila do Conde.

Penálti “mal ajuizado” diz jogador do Rio Ave

No final, Vitor Gomes, médio do Rio Ave, explicou que “foi evidente a nossa superioridade e não conseguimos matar o jogo, como também a derrota foi de um lance mal ajuizado pelo árbitro”.

Já Luís Freire, treinador do Rio Ave, disse que a sua equipa não merecia perder “porque o penálti não é penálti”. Do jogo, o técnico afirmou que “o Rio Ave foi dominador com várias ocasiões para marcar”, mas destacou: “Acredito que tenho uma equipa muita unida e focados na subida de divisão. Com essa atitude e persistência, o Rio Ave vai estar nessa luta.

Após este desaire, o Rio Ave mantém, provisoriamente o 3º lugar com 18 pontos. Sábado, 6 de novembro, às 11h, o Rio Ave joga no terreno do Trofense, para a 11ª jornada.

Foto Rio Ave FC