Vila do Conde implementa programa para combater insucesso escolar

235

A Câmara de Vila do Conde vai implementar um programa de combate ao insucesso e abandono escolar, pretendendo, nos próximos três anos, reduzir em 25 % a taxa de retenção e desistência dos alunos

O projeto, apelidado de Octante, será ativado em 33 escolas dos quatro agrupamentos do concelho, abrangendo quase 2.900 alunos do primeiro ciclo, mas com uma especial incidência nas 1.375 crianças que estão no 1.º e 2.º ano de escolaridade.

A iniciativa vai englobar equipas multidisciplinares de professores, psicólogos e técnicos de diferentes áreas, que, entre outros recursos, vão usar as tecnologias de informação, nomeadamente computadores e ‘tablets’, para melhorar os índices de aprendizagem das crianças.

Além de tentar combater o insucesso escolar através de respostas especializadas às necessidades de cada criança, o projeto Octante pretende, também, envolver as famílias em todo processo, como forma de detetar, precocemente, situações de potencial risco.

O programa vai desenrolar-se nos próximos três anos e terá um investimento de mais de 500 mil euros, na maior parte suportado por fundos europeus do Programa Portugal 2020, tendo frequentes monitorizações para avaliar a persecução das metas, que passam, por exemplo, pela redução de 25% da taxa de retenção e desistência e de 10% no número de níveis negativos na avaliação.