Agonia entrega 3 milhões à Misericórdia e passa gestão dos Hospitais Sr. do Bonfim à Trofa Saúde (fotos)

5055

Na tarde desta sexta-feira foi apresentada à comunicação social e aos colaboradores da unidade de saúde, a nova administração dos Hospitais Senhor do Bonfim, que passou a ser gerido pelo Grupo Trofa Saúde, de António Vila Nova, já a partir de hoje.

Não foram revelados os números que envolvem o negócio da venda de 76% dos hospitais, com Manuel Agonia a ficar ainda com 24%, garantindo a nova administração que assegura os 200 postos de trabalho existentes.

O empresário poveiro, que decidiu investir mais de 100 milhões de euros nos hospitais, disse ter um cheque de 3 milhões de euros para entregar à Misericórdia de Vila do Conde, instituição que a 14 de novembro assinou um contrato promessa, entregando na altura a Manuel Agonia 1,5 milhões de euros, num acordo para assumir o controlo de 100% dos hospitais.

“Confirmo que houve um contrato promessa de compra e venda. A Misericordiosa deu-me, há 15 dias, 1,5 milhões de euros e tem agora, à sua conta, com aviso de receção, 3 milhões de euros. Significa que neste período de 15 dias ganhou 1,5 milhões de euros”, revelou Manuel Agonia.

Entretanto, em comunicado a Misericórdia de Vila do Conde fez saber que “lamenta o comportamento do Sr. Manuel Agonia, e que um grupo português de saúde, não obstante ter conhecimento do contrato celebrado com esta instituição, tenha aceite negociar e concluir o negócio”.

A Misericórdia refere, ainda, que “hoje é um dia triste para a instituição, um dia triste para todos aqueles que acreditam nos Valores e Missão defendidos pela Santa Casa”.

Na missiva, a Misericórdia afirma que irá “retomar o processo de construção do Hospital da Santa Casa” que entretanto tinha ficado suspenso.

Fotos José Alberto Nogueira