Conheça os 25 novos radares instalados nas estradas a partir de 6 de julho

0
981

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) emitiu um comunicado, onde anuncia que a partir do dia 6 de julho, ficam em funcionamento os 25 radares conforme foi anunciado em agosto de 2023.

Estes 25 novos radares juntam-se aos primeiros 37, ficando o SINCRO com 98 radares, dos quais 14 são de velocidade instantânea e 11 de velocidade média, num total de 123 radares (100 locais de controlo de velocidade instantânea e 23 de velocidade média).

No comunicado, a ANSR revela que os locais onde os radares foram localizados são determinados depois de serem analisados os “pontos negros” nas vias rodoviárias, tendo sido referenciados estes locais devido ao excesso de velocidade que tinha sido registado.

O reforço da rede de radares da ANSR com estas características é uma medida alinhada com os princípios da Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária – Visão Zero 2030, a qual comporta uma nova abordagem ao combate à sinistralidade rodoviária, com intervenções nos cinco elementos do Sistema Seguro: Utilizadores Seguros, Infraestruturas Seguras, Veículos Seguros, Velocidades Seguras e Resposta Pós Acidente, tendo em vista a construção de um sistema rodoviário seguro, que proteja a vida humana.

Estes novos radares estão localizados nas seguintes localizações: IC2 (Oliveira de Azeméis, distrito de Aveiro); A29 (Santa Maria da Feira, em Aveiro, e Vila Nova de Gaia, no Porto); IC1 (Santana da Serra, concelho de Ourique, distrito de Beja); IP3 (Coimbra); EN18 (Évora); EN 125 (Albufeira, Faro);

EN 6-7 (Carcavelos e Parede, em Cascais); IC17 (Loures); A43 (Campanhã, Porto) e IC1 (Poceirão e Marateca, em Palmela-Alcácer do Sal).