Ex-jogador e treinador do Rio Ave falece vítima de doença prolongada

0
2389

Francisco Saura, mais conhecido por Paquito, faleceu aos 63 anos, vítima de doença prolongada. A informação foi divulgada pelo Rio Ave FC, clube ao qual Paquito dedicou “uma vida de entrega e compromisso”, primeiro como jogador e mais tarde como treinador, função que exercia há 17 anos.

O funeral de Paquito realiza-se amanhã, quarta-feira (13), pelas 15h30, na Igreja Matriz de Vila do Conde. Antes, o velório será na Igreja do Desterro, também em Vila do Conde.

“A sua perda é irreparável, pelo tanto que deu ao nosso emblema e pelo que representava para todos, como exemplo de reconhecida paixão pela caravela, o Clube da cidade que o viu nascer e pelo qual cedo se apaixonou, sendo acérrimo sócio”, lamenta o clube vilacondense.

Paquito estreou-se pela equipa principal do Rio Ave FC em 1979/80, depois de ter jogado pelas seleções jovens de Portugal. Passou depois pelo Vitória SC, FC Porto, “onde se sagrou campeão nacional e cumpriu o sonho de jogar na Liga dos Campeões”, Marítimo, Varzim, Beira-Mar, Torreense e Vizela.

O antigo jogador era atualmente treinador-adjunto da Equipa B do Rio Ave FC. Previamente, treinou diversas equipas do futebol de formação do Clube, “sendo farol e referência exemplar na passagem de testemunho como rioavista”.

A presidente do Rio Ave FC, Alexandrina Cruz, deixou as suas condolências, testemunhando “a paixão e alegria com que todos os dias treinava e formava os jovens da nossa formação, contribuindo decisivamente para o seu desenvolvimento, como jogadores mas sobretudo como cidadãos”.

“O legado de Paquito permanecerá para sempre no seio do Rio Ave FC. A sua memória jamais será esquecida e o seu exemplo como jogador, treinador e homem perdurará no tempo. Obrigado, Paquito”, termina o clube.