Jovem agredido no final da segunda noitada de S. Pedro

0
4233

Um jovem de 22 anos foi brutalmente agredido na madrugada de sábado, na Póvoa de Varzim. A vítima está internada no Hospital de S. João, a recuperar de um traumatismo craniano grave, diz o Jornal de Notícias, que divulgou a situação.

A irmã do jovem partilhou nas redes sociais o seguinte apelo: “na madrugada de 6 de julho [segunda noitada de S. Pedro] entre as 6h e as 6h30, um jovem foi brutalmente agredido por um grupo, na rua do Museu da Póvoa de Varzim! A família procura pessoas que presenciaram a ocorrência! Urgente! Se alguém souber alguma informação, por favor contactem-me!”. Segundo o JN, a vítima terá sido tirada do carro pelo grupo e depois agredida com um ferro na cabeça.

O jovem foi depois encontrado pelos Bombeiros Voluntários da Póvoa, a cerca de 150 metros, junto à Praça do Almada, a deambular “com ferimentos graves na cabeça e completamente desorientado”, de acordo com o comandante da corporação, Joaquim Moreira. Os Bombeiros terão sido chamados por populares.

A vítima está internada, estável, com um traumatismo crânio-encefálico grave e múltiplas fraturas na face. Aguarda cirurgia.

A PSP foi chamada e está a investigar o caso. A família já apresentou queixa-crime e está à procura de testemunhas que possam ajudar a polícia a chegar aos agressores.