S. Pedro confinado para “não comprometer os resultados tão positivos na Póvoa” no combate à Covid-19

6501

Os cafés, pastelarias, padarias, lojas de conveniência, quiosques e outros estabelecimentos de atividade similar na Póvoa de Varzim, vão ter que encerrar a partir das 19h, nos dias 27 e 28 de junho, enquanto os restaurantes e esplanadas dos estabelecimentos de restauração e de bebidas têm que encerrar às 23h nesses dois dias.

Estas são algumas das determinações que fazem parte de um conjunto de medidas anunciadas esta sexta-feira pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, que desta forma pretende que não existam ajuntamentos durante o período entre as 19h de 27 de junho e as 10h de 29 de junho, datas em que seriam realizadas ao ar livre as Festas de S. Pedro.

No anúncio das medidas transmitidas por Aires Pereira, presidente de Câmara, está também impedido a “realização na via pública, de concertos, atuações de dj´s ou de dança e de espetáculos de pirotecnia ou fogo de artifício, não sendo permitido a realização na via pública de jantares-convívio e celebrações semelhantes às dos arraiais, como também não será permitida a colocação no exterior de sistemas de som e equipamentos para a confeção de alimentos.

A autarquia determinou a proibição da venda ambulante e apela ao reforço individual das medidas de “contenção e higiene” com o uso de máscaras e o distanciamento social.

Praias fechadas

A Câmara poveira também determinou que “não será permitido o acesso e permanência de pessoas nas praias de todo o concelho” entre as 20h de 27 de junho e as 8h de 28 de junho e na noite e madrugada seguinte no mesmo horário.

O edil justificou que estas medidas foram aprovadas “por unanimidade” pelo Conselho Municipal de Segurança, reunido no dia de quinta-feira e também após a auscultação dos membros dos 6 bairros da cidade, no sentido de “dar continuidade a esta evolução gradual, que tanta esperança traz para a nossa comunidade, a qual só tem sido possível graças ao esforço e sentido de responsabilidade de todos os poveiros. Para isso, temos que dar o nosso melhor para evitar que a tentação dos habituais festejos de rua por ocasião do São Pedro não comprometa os resultados tão positivos que temos vindo a alcançar”.

Medidas

Conheça as determinações da Câmara da Póvoa de Varzim para o período de 27 de junho a 29 de junho, altura em que seriam realizadas as festividades em honra de S. Pedro

– Determinação do encerramento efetivo, sem permanência de clientes no seu interior, de estabelecimentos de venda de bebidas para o exterior (cafés, pastelarias, padarias, lojas de conveniência, quiosques e outros estabelecimentos de atividade comercial similar) a partir das 19:00h;

– Determinação do encerramento efetivo das esplanadas dos estabelecimentos de restauração e de bebidas a partir das 23:00h;

– Não realização, na via pública, de concertos, demonstrações de momentos musicais (designadamente, atuações de dj) ou de dança, e de espetáculos de pirotecnia ou fogo-de-artifício;

– Não realização, na via pública, de festas, reuniões de amigos, jantares-convívio e celebrações semelhantes às dos arraiais;

– Não colocação, na via pública, de sistemas de som, de mesas, cadeiras e equipamentos de exposição e confeção de alimentos, nomeadamente grelhadores, assadores e fogareiros;

– Não realização de fogueiras e não colocação de tronos ou iluminação nos bairros;

– Não realização da atividade de venda ambulante;

– Reforço individual das medidas de contenção e higiene, designadamente através do uso preferencial de máscara na via pública, do cumprimento da etiqueta respiratória e do distanciamento físico.

Por fim, e no sentido de evitar potenciais aglomerações de pessoas e, consequentemente, um maior risco de propagação da doença, determino:

Não acesso e não permanência de pessoas nas praias de todo o concelho, das 20:00h do dia 27 de junho às 08:00h do dia 28 de junho e das 20:00h do dia 28 de junho às 08:00h do dia 29 de junho.

Ouça aqui as determinações da Câmara da Póvoa de Varzim