Visita ao Póvoa Arena é uma das atividades deste fim-de-semana

0
994

No próximo domingo, 16 de junho, a Póvoa de Varzim comemora em simultâneo o encerramento dos 50 anos em que foi elevada a Cidade, e festeja o 51º aniversário (1973) em que foi declarada cidade. No dia haverá um espetáculo no pavilhão municipal, onde será entregues 33 medalhas a pessoas, empresas e associações pelos serviços prestados ao concelho. No entanto, outras atividades marcam o fim de semana.

No dia 15 de junho, próximo sábado, a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim vai promover uma série de iniciativas, que intitularam de ‘Atos Evocativos do Dia da Cidade’ e que fazem parte do programa de atividades dos 50 anos de elevação da Póvoa de Varzim a Cidade.

A Sala de Atos, do Cine-Teatro Garett, vai receber a inauguração da exposição de fotografia “… anda ver o meu país de marinheiros”, da autoria de Rui Faria. Nesta exposição o público vai fazer uma viagem à Póvoa de Varzim, nos últimos 50 anos. A exposição vai estar patente até ao dia 14 de agosto.

Mais tarde, o Município convida a comunidade a visitar a obra do Póvoa Arena, das 18h00 às 21h00. Nesta visita vai ser possível percorrer o interior das instalações e assistir a alguns momentos artísticos.

De seguida, o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, vai inaugurar, às 21h30 o monumento de homenagem à pescadeira poveira. A escultura feita por José António Nobre, representa a conhecida Susana da Costa e nela estarão representadas também todas as pescadeiras poveiras. O evento terá lugar no Largo António Nobre.

O encerramento das atividades do 50ª aniversário da elevação da Póvoa de Varzim a cidade, culmina a 16 de junho, Dia da Cidade, com as 33 distinções dadas a pessoas, empresas e entidades locais.

Depois de entregues as Medalhas de Reconhecimento Poveiro, haverá um momento musical, com a fadista Cuca Roseta. As celebrações do Dia da Cidade, têm hora marcada para as 17h00, no pavilhão Municipal.