Ajudante de cozinha detida na Póvoa por furto de joalharia em residência

Uma mulher de 55 anos residente na Póvoa de Varzim foi detida por suspeitas de furto em residência.

Pelas 08h desta sexta feira, a 8.ª Esquadra de Investigação Criminal, das Caxinas, deu cumprimento a um mandado de busca domiciliária na Rua dos Gasómetros. Foram recuperadas várias peças de joalharia furtadas, bem como uma arma de fogo e ainda cinco munições.

A detida é portuguesa e trabalha como ajudante de cozinha. Será presente no Tribunal de Matosinhos no próximo dia 24 de maio.

Com mais esta ação, a 8.ª Esquadra de Investigação Criminal “pretende dar continuidade à estratégia de intervenção organizada e sistemática na repressão da criminalidade contra o património nos concelhos de Vila do Conde e Póvoa de Varzim”, explica a polícia.