Apanhador de ouriços foge da Polícia Marítima

834

O Comando-local da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde desenvolveu uma missão dirigida à atividade da apanha de ouriços-do-mar, entre rio Donda, na freguesia de Labruge e a freguesia de Árvore, em Vila do Conde, com especial incidência nas zonas interditas, nos quantitativos, nos utensílios utilizados e no licenciamento.

Foi detetado e abordado um apanhador, portador de licença para apanha comercial, mas exclusivamente de perceves, na posse de 20 kg de ouriços no momento da abordagem. Procedeu-se ao levantamento do auto e o material utilizado, bem como o pescado capturado, foram apreendidos.

Durante a missão foi ainda detetada uma rede de tresmalho, vulgarmente conhecida por majoeira, fundeada, e um saco contendo 17 kg de ouriços de um praticante que se colocou em fuga após avistar os elementos da Polícia Marítima.

Todos os equinodermes apreendidos foram lançados ao seu habitat natural, por se encontrarem vivos, e a arte de pesca foi apreendida como medida cautelar

A operação decorreu durante a manhã de 3 de fevereiro mas só no dia 6 foi tornada pública.