Apresentações semanais na polícia para suspeito de roubo agravado e burla na Póvoa

Na terça-feira a PJ deteve um servente da construção civil, de 28 anos de idade, “fortemente indiciado” pela prática de roubo agravado e burla através da internet. Entretanto já presente a primeiro interrogatório judicial, foi aplicada a medida de coação de apresentações semanais na polícia criminal da área de residência.

O crime aconteceu em março de 2020 junto à marina da Póvoa de Varzim cerca das 22 horas na sequência de “um encontro previamente marcado entre o ofendido e uma pessoa do sexo feminino sua conhecida”.

Assim que chegou ao local, o homem foi cercada por um grupo de homens armados que partiram o vidro do carro e o arrancaram à força do BMW, segundo relata o CM. Perante ameaça de armas de fogo, a vítima foi forçada a fazer levantamentos em duas caixas multibanco e a transferir 630 euros por MBway. O grupo fugiu ainda com o casaco, o telemóvel e os óculos de sol da vítima que foram recuperados em casa do arguido pela PJ do Porto.