Associação de Caxinas com estatuto de utilidade pública

Num despacho promulgado em Diário da Republica na quinta-feira, o governo atribuiu o estatuto de «utilidade pública» à Associação Desportiva Cultural e Recreativa das Caxinas e Poça da Barca.

O conjunto vila-condense já reagiu, em comunicado, descrevendo um dia “histórico” e agradecendo “um enorme galardão, que enaltece a importância do clube na nossa sociedade, e principalmente, junto da nossa comunidade”.

Este reconhecimento “atribui-nos uma maior relevância enquanto instituição, mas também uma enorme responsabilidade em todos os atos realizados”, pode ler-se na nota.

O estatuto de «utilidade pública» poderá permitir ao clube ter aceso a determinadas regalias, como isenções fiscais e financiamentos.

Desporto e cultura

No despacho do governo são elencados os motivos para esta decisão. O Caxinas desenvolve, desde 9 de agosto de 1977, atividades desportivas através da prática do futsal e futebol que englobam todos os escalões etários desde o plano formativo ao competitivo, constituindo-se assim como uma “entidade relevante para a estruturação e coesão da comunidade local”.


Já a nível cultural destaca-se o Rancho Folclórico, cuja estrutura concetual e programática se reporta à “recolha e promoção de tradições do meio onde está sediado”, é referido. “Define-se por um conjunto de efetivos da ordem das quatro dezenas de elementos, protagonistas de uma atividade regular, promovendo-se os cantares, danças e costumes tradicionais de uma comunidade piscatória, numericamente, de elevada expressão, exibindo o seu trabalho e labor em contexto nacional e internacional”.

Notícias Relacionadas