Averomar ameaça abandonar campeonato Inter-Freguesias da Póvoa

17445

A direção do Averomar Futebol Clube emitiu um comunicado no dia de segunda-feira, em que lança criticas aos dirigentes do Campeonato Inter-Freguesias da Póvoa de Varzim, nomeadamente ao Conselho de Disciplina pelos castigos aplicados ao clube e a seus jogadores, referindo falta de imparcialidade.

Os diretores do Averomar afirmam que ao longo da época têm sido prejudicados com arbitragens e castigos, indicando o jogo Averomar-Terroso, “quando a nossa equipa sénior vencia o jogo e num lance de ataque dois atletas nossos são agredidos em que nada foi marcado, o árbitro assistente e bem está com a bandeira levantada e é ignorado pelo seu chefe de equipa, e após isso não conseguindo controlar a fúria dos jogadores aconteceram atos menos bonitos de ambas as equipas entre si”.

O comunicado surge após o jogo entre o Aver-o-Mar e Juvenorte, do escalão sénior, do último fim de semana que foi interrompido aos 20 minutos, que segundo os dirigentes do Averomar foi devido aos desacatos provocados pelo adversário. O árbitro deste jogo alegadamente terá dito que não teria condições para continuar a apitar. Na altura registava-se um empate a 1 golo.

Para o Averomar é “a hora de dizermos CHEGA”, ponderando a direção do Averomar “abandonar este campeonato que é tudo menos parcial, exigimos respeito pois toda a direção, atletas e associados trabalham dia após dia para que o seu clube cresça”.

Na foto, presidente, vogal e tesoureiro do Averomar Futebol Clube.