Bloco de Esquerda pede ação urgente do Governo na praia da Estela (fotos)

0
779

O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) na Assembleia da República pediu, na segunda-feira, que o governo “apure responsabilidades e tome diligências” sobre o rebentamento de sacos plásticos que protegiam as dunas da praia da Estela.

“Ao longo dos últimos anos foram inúmeras as vezes que o Bloco alertou para a situação de deterioração dos sacos que ‘protegiam’ a duna primária na praia, pouco foi feito e parte desses sacos estão agora enterrados em plena praia”, alerta o BE.

Em abril de 2021, o grupo parlamentar do Bloco questionou o ministro do Ambiente sobre o rebentamento dos sacos de areia, situação que “espalhou plásticos, pregos enferrujados e outros resíduos pelo areal. Além dos fortes impactos visuais, a proliferação dos resíduos acarreta sérios riscos para o ambiente, para a biodiversidade costeira e para as pessoas que usufruem da praia da Estela”, lê-se na questão enviada ao governo.

Apesar de a Agência Portuguesa do Ambiente ter notificado a empresa Estela Golfe SA, cujo campo está situado acima da praia, para “proceder de imediato à recolha e remoção dos sacos” e monitorizar frequentemente a área, o Bloco de Esquerda garante que “grande parte dos sacos não foram retirados e foram enterrados sacos soltos e degradados”.

“Alertamos, novamente, que estes resíduos poderiam voltar a poluir aquele troço do litoral, assim que a erosão provocada pela ação do mar exponha novamente os referidos sacos. Esta intervenção teve um custo superior a 125 mil euros”, continua. “Ora, têm chegado várias denúncias ao nosso grupo parlamentar, que a situação na praia da Estela se tem agravado, os sacos que foram enterrados agora estão à vista e o cenário é devastador para quem frequenta a praia”.

Por isso, o grupo parlamentar do BE questiona se o governo tem conhecimento da situação e que diligências vai tomar “para apurar responsabilidades e proceder à remoção dos resíduos na praia da Estela”.

Pergunta ainda a quem compete a remoção dos resíduos, quando prevê o governo que a praia da Estela esteja livre daqueles resíduos e “que articulação tem havido entre o município da Póvoa de Varzim, a APA e o Governo para solucionar o problema”, além de se “existe algum plano para recuar o Campo de Golfe e renaturalizar e recuperar a duna primária”.