Cartão residente para estacionamento pago na Póvoa aprovado por maioria em Assembleia Municipal

1063

Foi aprovada em Assembleia Municipal, a proposta do executivo da Câmara da Póvoa quanto à utilização do cartão residente nos lugares públicos de estacionamento. Por 10 euros mensais, o cartão residente pode ser utilizado durante todo o dia, sem restrição de horário.

Na reunião realizada na noite de quinta-feira no Teatro Garrett, as bancadas do PSD e CDU votaram a favor da proposta da Câmara, com o PS, PAN e BE a votarem contra. O PS até admitiu que poderia aprovar a proposta se a Câmara estivesse disponível para baixar o valor (facto que não sucedeu), dado que considera que 120 euros anuais “é um valor elevado dadas as atuais circunstâncias”.

Recorde-se que em reunião do executivo os dois vereadores do PS votaram favoravelmente a proposta do PSD.

Anteriormente, os utilizadores do cartão residente pagavam por mês 8,25 euros, mas apenas tinham direito a utilizar os lugares de estacionamento durante a noite e num curto período do dia.  

Todos os pontos aprovados

Na Assembleia Municipal foram aprovados todos os 10 pontos, entre os quais o Regulamento de Exploração e Funcionamento do Centro Coordenador de Transportes da Póvoa de Varzim (central de camionagem), a abertura de concurso público com vista a adjudicação da obra de remodelação da Escola EB 2/3 Dr. Flávio Gonçalves, e a contratualização de serviços de fiscalização, gestão de qualidade, coordenação de segurança em obra e gestão ambiental da empreitada Praça de Touros – Arena da Póvoa, ponto este que só mereceu os votos favoráveis do PSD. As bancadas do PS, BE e CDS votaram contra, enquanto PAN e CDU abstiveram-se. Neste ponto, o deputado Edgar Torrão do PS, absteve-se por não concordar com a posição do partido, tendo solicitado não seguir a disciplina de voto.

Foto CMPV