Nova unidade da Energie vai permitir aumentar produção e faturação (fotos)

448

Foi inaugurada na tarde de quinta-feira a nova unidade produtiva da Energie, empresa poveira sediada na zona industrial de Laúndos e que se dedica à produção de painéis solares termodinâmicos.

Luís Rocha, da Energie, revelou que a unidade “irá permitir, no espaço de um ano, aumentar em 20% o número de painéis produzidos, valor que pode chegar aos 40% em velocidade de cruzeiro”. Em 2019, o volume negócios foi de 8.5 milhões, tendo sido produzidos 10.000 painéis.

O responsável lembrou que esta obra foi iniciada em janeiro, numa altura em que ninguém antecipava os percalços que este primeiro semestre iria trazer, não só pelo coronavírus, que fechou fronteiras e parou economias, mas também pelo incêndio de fevereiro que consumiu praticamente um terço das instalações. Mesmo assim, ainda conseguiram crescer 5% na faturação em relação a período homólogo do ano passado.

Nesta cerimónia esteve o Ministro do Ambiente, Matos Fernandes, que vê na Energie um “exemplo excecional” pela forma como contornou a adversidade. O governante foi acompanhado pelo Secretário de Estado da Energia, João Galamba.

Já Aires Pereira, presidente da Câmara Municipal, disse que a empresa poveira é uma “marca distintiva do que de bom se faz no nosso concelho” e sublinhou que “este é o tipo de empresa que vale a pena investir os nossos recursos. A Energie está focada na área do ambiente e sei que a descarbonização é um tema caro a este Ministério”.

A nova unidade, com 1500m quadrados, custou 1 milhão de euros e contou com apoios comunitários.

Fotos José Alberto Nogueira