Cashback: aproveitar os Saldos de Verão 2020 e volta e meia receber de volta

Nem os saldos escapam a este estranho 2020. Ao habitual limite máximo de venda em saldos de 124 dias por ano, o governo adicionou um regime “excecional e provisório” que permitiu as vendas com desconto, durante os meses de maio e junho, sem que essas vendas sejam contabilizadas para o bolo total anual.

Assim, de forma continua, os saldos de Verão que começariam oficialmente no dia 15 de julho, estender-se-ão, em 2020,

Assinar

Se já é assinante, faça Login e continue a ler

Se comprou o MAISSemanário utilize o código presente no jornal e tenha acesso aos conteúdos exclusivos por um período de 30 dias.