Cruz Vermelha da Póvoa recebe Medalha de Mérito

Na semana passada, a secretária de Estado da Educação esteve na Casa do Regaço, para a cerimónia de reconhecimento de mérito escolar organizada pela Cruz Vermelha da Póvoa de Varzim para 21 crianças e jovens do centro.

Luísa Tavares Moreira, responsável da Casa do Regaço, aproveitou a ocasião para “agradecer a todos os que apoiam diariamente a instituição”, tanto os empresários, como as pessoas singulares, e especialmente as escolas. No final do ano letivo, em que os residentes “tiveram bons resultados académicos e têm boa postura na comunidade”, a presidente da direção da delegação poveira da Cruz Vermelha destacou a EB 2, 3 de Beiriz, a Escola Secundária Rocha Peixoto e a Eça de Queirós pelo apoio prestado aos alunos.

De acordo com a mesma, “no futuro quando chegarem à vida ativa, irão reconhecer os professores como tendo sido uma alavanca fundamental para que eles possam ter sucesso, como já aconteceu com outros”.Na cerimónia, as 21 crianças e jovens receberam uma lembrança, que incluiu um vale-prenda para a compra de um tablet para cada um. Esta oferta da SONAE é uma mais-valia e vai facilitar a educação, até porque “os jovens merecem”.

A delegação poveira recebeu, das mãos de Francisco George, presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, uma medalha de mérito, “a maior condecoração para este fim”. Luísa Tavares Moreira partilhou a medalha “com todos os colegas da direção e todos os colaboradores”, porque “são eles que fazem a Cruz Vermelha”. “Eu sou unicamente uma coordenadora”, terminou.