Foge de casa com as filhas após anos de terror e violações por parte do marido

Em Vila do Conde, um homem de 43 anos foi detido na quinta-feira por maus tratos sobre a mulher, da mesma idade e com quem está casado há 20 anos.

Em 2018, a vítima decidiu deixar de partilhar a cama com o marido, uma vez que já não suportava a relação abusiva. O homem, alcoólico e movido por ciúmes, injuriava e dirigia ameaças de agressões físicas e de morte.

Os maus tratos continuaram e, já em 2020, a vítima pediu o divórcio, levando o suspeito “a cometer atos de violação sexual”, diz a Guarda em comunicado esta sexta.

A vítima abandonou a residência, mas isso não parou as ameaças de morte, com recurso a arma branca, bem como “perseguições constantes”. Por temer contra a sua integridade física e contra a própria vida, a vítima decidiu “abandonar a área da residência, levando consigo as filhas de ambos, originando intimidações por parte do agressor aos familiares da vítima e a levar a cabo o pedido de ajuda nas redes sociais, reportando o desaparecimento da família, com o intuito de descobrir o seu paradeiro”.

Ao suspeito foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência e proibição de se aproximar da vítima e filhas, proibição de contactar com a vítima e filhas por qualquer meio e proibição de frequentar os locais frequentados pela vítima, não se podendo aproximar desta num raio de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.