“Foi um ponto e achamos que poderíamos ter levado os três”

Para António Barbosa, responsável técnico do Varzim, a equipa esteve perto da vitória frente à Oliveirense e explicou que o jogo mostrou “o crescimento sustentado da equipa e foi um jogo de dominamos completamente”. “Poderíamos ter chegado ao segundo golo”.

Sobre o desempenho da equipa no empate alcançado, o treinador sublinhou que “foi o primeiro jogo que o Varzim faz esta época que esteve por cima do adversário tanto tempo, em que consegue controlar e dominar o jogo”.  

“Foi um ponto e achamos que poderíamos ter levado os três, mas o resultado é o que fica no fim e parabéns aos nossos jogadores pela atitude”.

Quanto à inclusão no onze inicial de André Leão e Ahmed, reforços de inverno, o treinador justificou que “numa equipa todos os jogadores são importantes, mas quando vamos buscar reforços em janeiro pretendemos que sejam mais valias, e penso que deram e vão dar maior qualidade de construção e maior criatividade no último terço. São jogadores que jogam em várias posições e trazem experiência e qualidade”.  

Prémio de melhor em campo

Lessinho, avançado do Varzim, foi eleito como o melhor jogador em campo, no empate a um golo do Varzim no terreno da Oliveirense, jogo que marcou o final da 1ª volta do campeonato da II Liga.

Após 17 jogos, o Varzim ocupa o último lugar com 11 pontos e a 31 de janeiro defronta o FC Porto B, penúltimo da tabela classificativa, que à partida para esta jornada tem 12 pontos.

Foto Varzim SC / José Alberto Nogueira

Notícias Relacionadas