Governo decreta recolher obrigatório para a noite de Passagem do Ano Novo

O primeiro-ministro António Costa anunciou na noite desta quinta-feira, o recolher obrigatório a partir das 23 horas na noite de Passagem de Ano.

Ao contrário do previsto, “temos de cortar totalmente as celebrações de Ano Novo”, explicou António Costa. A liberdade de circulação passa a ficar restrita a partir das 23 horas no dia 31 e no feriado de dia 1, nos dias 2 e 3 a circulação será restrita a partir das 13 horas.

António Costa referiu que “a seguir ao Natal temos de tomar medidas de máxima contenção” e ´de acordo com os dados “é necessário puxar um travão de mão”.

O primeiro-ministro esclarece que o número de óbitos é ainda extremamente elevado, apesar “do ritmo de diminuição do número de novos casos tem vindo a tornar-se mais lento”.

O Estado de Emergência em Portugal mantém-se para já até 7 de janeiro.