Igreja suspende missas a partir de sábado

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) anunciou esta quinta-feira a suspensão das celebrações comunitárias da missa, na sequência do agravamento da pandemia de Covid-19 no país.

“Embora lamentando fazê-lo, a Conferência Episcopal Portuguesa determina a suspensão da celebração ‘pública’ da eucaristia a partir de 23 de janeiro de 2021, bem como a suspensão de catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto, até novas orientações”, refere um comunicado da CEP enviado à Agência ECCLESIA.

Os bispos sublinham que, face à “extrema gravidade da situação pandémica”, com números recorde de contágios e mortes por causa da Covid-19, é “um imperativo moral para todos os cidadãos, e particularmente para os cristãos, ter o máximo de precauções sanitárias para evitar contágios, contribuindo para ultrapassar esta situação”.

A CEP manifesta “especial consideração, estima e gratidão a quantos, na linha da frente dos hospitais e em todo o sistema de saúde, continuam a lutar com extrema dedicação para salvar as vidas em risco”.

Face à suspensão das celebrações comunitárias, a CEP pede que sejam apresentadas “ofertas celebrativas, transmitidas em direto por via digital”.

Quanto aos funerais, os bispos indicam que “as exéquias cristãs devem ser celebradas de acordo com as orientações da Conferência Episcopal de 8 de maio de 2020 e das autoridades competentes”.

Na quinta-feira da semana passada, a CEP já tinha determinado a suspensão de batismos, crismas e matrimónios.