Imigrantes ilegais detidas em bar de prostituição

1458

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizou, a noite passada, em Rio Mau, Vila do Conde, uma ação de fiscalização “a um estabelecimento de diversão noturna, conotado com a prática da prostituição, no decurso da qual foram detidas quatro cidadãs estrangeiras”, informou o SEF em comunicado.

Foram identificadas 20 mulheres, 13 das quais oriundas de países terceiros. Destas, seis encontravam-se em situação de permanência irregular em território nacional. Duas foram notificadas para “abandono voluntário do país e quatro viriam a ser detidas. Estas serão presentes ao tribunal judicial de Vila do Conde para aplicação das medidas de coação, com vista à organização de processos de afastamento coercivo”.

Face aos factos detetados, “será ainda levantado um processo de contraordenação à entidade comercial por utilização da atividade de cidadão estrangeiro em situação ilegal, cuja coima poderá oscilar entre os 2.000 euros e os 10.000 euros”.