Imigrantes detidas na Póvoa de Varzim e Vila do Conde

4741

O Comando Territorial do Porto, com a colaboração do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), “deteve ontem, dia 12 de novembro, sete mulheres, com idades compreendidas entre os 27 e os 40 anos, por permanência ilegal no país, nas localidades de Vila do Conde e Póvoa do Varzim”, informam os militares da GNR em comunicado. As detidas estão, neste momento, a ser presentes no Tribunal Judicial de Vila do Conde.

As detenções decorreram no âmbito de uma operação policial a quatro estabelecimentos de diversão noturna, tendo ainda sido identificados 33 cidadãos estrangeiros e efetuadas seis notificações de abandono voluntário do país.

Referente aos estabelecimentos “registou-se também um crime por usurpação de direitos de autor, pelo que o seu proprietário foi constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência, assim como, foram elaborados 15 autos de contraordenação por diversas infrações, destacando-se a falta de licenciamento para a exploração de máquinas de diversão, a violação dos requisitos para espaço de fumadores e três autos por inexistência de licenciamento para desenvolver a atividade”.

Ainda no decurso da operação foi realizada uma fiscalização rodoviária, que levou à detenção de um homem de 21 anos, por falta de habilitação legal para conduzir e por posse de estupefacientes, sendo portador de 11 doses de haxixe.

Estiveram empenhados na operação 22 militares da GNR, 7 inspetores da ASAE e 2 inspetores do SEF.

Foto: GNR