Laúndos reviveu a emigração para a Europa dos anos 60

259

O edifício da Junta de Freguesia de Laúndos recebeu na noite de sábado a 1ª sessão do ciclo de tertúlias “História Vivida”, tratando a temática “emigração para a Europa”.

Esta sessão, coordenada e moderada pelo lanutense Ismael Alves, também ligado à iniciativa ‘Laúndos em Movimento’, contou com a intervenção dos conterrâneos José da Eira, Augusto da Quinta e José Miranda que relataram o seu processo de emigração, nos anos sessenta do século passado, revelando as dificuldades encontradas e as oportunidades concedidas nos países europeus para onde emigraram (Alemanha, França, Suíça e Luxemburgo).

Desde as agruras da ida a “salto” para França, às diversas artimanhas para sair do país, fugindo ao serviço militar, foram desfiando episódios que despertaram o maior interesse na população que se juntou para assistir e participar ativamente nesta jornada, fazendo perguntas, acrescentando testemunhos próprios, promovendo uma interessante troca de opiniões e de experiências num verdadeiro espírito de tertúlia.

Este ciclo contará com cinco sessões, prosseguindo no próximo sábado, 10 de novembro, com a realização da segunda sessão que irá versar a emigração para países do resto do mundo, nomeadamente: Brasil, Venezuela, Canadá, Angola e Austrália.