Libertado poveiro que roubou táxi em Hong Kong

809

Condenado a 60 dias, o poveiro acusado de roubar um táxi em Hong Kong foi libertado porque já os havia cumprido durante a prisão preventiva.

De acordo com o CM, o homem de 28 anos foi igualmente sentenciado, nesta segunda-feira, ao pagamento de 109 euros.

O português, natural da Póvoa de Varzim, havia sido detido por alegada cumplicidade no furto de um táxi, a 17 de março, juntamente com um sul-africano.