Marina norte da Póvoa abre para receber 150 embarcações (fotos)

A nova marina da Póvoa de Varzim, localizada na zona norte do porto, foi inaugurada este sábado na presença de autoridades e muitos representantes das entidades e instituições poveiras. O equipamento, que custou 4 milhões de euros, está apto para receber até 150 veleiros.

Paulo Neves, presidente do Clube Naval Povoense, coletividade que vai gerir a marina, elogiou o novo espaço e a nova cara do porto, “numa zona que estava ao abandono e que não era atraente”. O dirigente aproveitou a presença do ministro do mar para deixar um apelo, no sentido de se realizar “uma dragagem robusta” para potenciar o porto e a qualidade do mesmo.

Futuro local para a juventude

Por sua vez, Aires Pereira, presidente da Câmara da Póvoa de Varzim, apontou que com abertura da marina “há um caminho novo a fazer. Era uma pretensão antiga trazer até ao centro da cidade esta área mais lúdica e muitas embarcações entram na Póvoa e este local passa a ser a sala de visitas”. O autarca sublinha que “este processo ainda está a meio e agora é preciso todo o enquadramento dos armazéns de aprestos e dotar esta zona de equipamentos de restaurantes e zona lúdica para a juventude, na chamada movida”.

Presente na inauguração, Ricardo Santos, ministro do Mar, afirmou que “a marina é uma aposta ganha para a economia do mar e ter a capacidade de gerar mais negócios”. O governante deixou uma garantia que “serão investidos no porto da póvoa 1,2 milhões de euros em dragagens até 2023, no sentido de dotar a infraestrutura de melhores condições de segurança”.  

A cerimónia de inauguração contou com a declamação de um poema de António Nobre, pelo diseur Aurelino Costa, acompanhado à guitarra por João Costa.

Fotos José Alberto Nogueira