Morreu José Festas, fundador e presidente da Associação Pró-Maior

José Festas, presidente da Pró-Maior, morreu esta terça-feira vítima de doença. O pescador, com 58 anos de idade, fundou a 17 de maio de 2007 a Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar (APMSHM), com sede na Zona Portuária Molhe Norte.

Através das redes sociais, amigos e dirigentes associativos manifestam o seu pesar e enaltecem as qualidades humanas de José Festas e o seu trabalho em prol do setor das pescas e dos pescadores.

Durante os quase 14 anos em que esteve à frente da Associação apresentou muitas medidas ligadas à segurança no trabalho de armadores, pescadores e outros profissionais e não profissionais ligados à vida do mar, lutando pela consequente implementação destas medidas junto de quem de direito.

Na imagem, José Festas está num dos seus últimos atos públicos, na apresentação dos armazéns para armadores e pescadores guardarem os seus apetrechos, infraestrutura que está em construção na zona sul do porto.

José Festas foi presidente do Rotary Club da Póvoa de Varzim, entre junho de 2017 e maio de 2018.

Reconhecimentos do Estado

Pelo seu trabalho e defensor das causas dos pescadores, a Pro-maior foi agraciada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o título honorário da Ordem de Mérito. A 24 de junho de 2011, José Festas foi distinguido pela Câmara Municipal de Vila do Conde com a Medalha de Mérito.

Ao longo dos anos, José Festas recebeu e realizou centenas de encontros com todos os políticos, desde primeiros ministros, ministros, secretários de estado, autarcas, entre muitos outros dirigentes nacionais e locais.

Para além da presidência da APMSHM, José Festas Presidente, foi membro efetivo da Comissão Permanente da Segurança dos Homens do Mar, Conselheiro da Murimar Seguros, Vice-presidente da AsNasa Portugal, Presidente da Associação dos Armadores de Castelo de Neiva, Diretor da Associação CAPA Peniche, Júri nas Provas de Aptidão profissional da Escola Profissional de Economia Social no Curso Profissional de Segurança e Meio Aquático e Presidente da Associação Recreativa “Os Parafusos vão e as Porcas ficam”.

À família, o MAIS/Semanário apresenta sentidos pêsames.