Não houve unanimidade na atribuição de 11 medalhas pela Câmara de Vila do Conde

O executivo da Câmara Municipal de Vila do Conde deliberou, na reunião de quarta-feira, a atribuição de 11 Medalhas Municipais, as quais devem ser entregues em sessão a realizar no dia de S. João, 24 de junho, como era tradição em anos anteriores. Em 2020, devido à situação pandémica, não foram entregues as distinções.  

Por unanimidade do executivo, que conta com 5 elementos da NAU, 3 do PS e um do PSD, as medalhas serão entregues ao “Prof. José Coutinhas, Dr. Helder Pereira, Dra. Donzília Silva, Dra. Cândida Rocha, à Associação Comercial e Industrial de Vila do Conde, ao Prof. José Carmo Henriques”, revela o comunicado da autarquia.

Serão ainda reconhecidas as seguintes pessoas “Dr. Francisco Mangas, Dr. Jacinto Azevedo, Maria Beatriz Oliveira, Prof. Mário Barbosa e Prof. Nuno Ferrand”, sendo que estas cinco medalhas foram propostas pela NAU e aprovadas apenas por maioria. Na nota da Câmara Municipal, publicada no site da edilidade não está indicado quais os elementos do executivo que não estiveram de acordo com a proposta de Elisa Ferraz e vereadores da NAU.

Nau rejeita proposta do PSD para atribuição de medalha a Eduardo Pinto

Nesta reunião do executivo realizada na quarta-feira, o PSD, através do vereador Constantino Silva, propôs o nome de Eduardo Pinto, presidente do Ginásio Clube Vilacondense, para receber também uma distinção.

Segundo, informação veiculada por Pedro Soares, candidato do PSD à Câmara Municipal de Vila do Conde, a “proposta foi reprovada pelos vereadores da Nau e presidente Elisa Ferraz”, o que para os social-democratas é uma “demonstração de uma falta de sensibilidade, humanismo, arrogância e reconhecimento a quem fez tanto pelos jovens e desporto em Vila do Conde, que contraria tudo que o projeto Nau prometeu e apregoou em 2017”.