Onésimo Teotónio Almeida nunca falhou um Correntes

1018

Com esta já vão em 20. Onésimo Teotónio Almeida esteve em rigorosamente todas as edições do Correntes D´Escritas. Por isso, ninguém melhor que o escritor para deslindar as principais diferenças ente a 1ª edição e as de agora.

“Primeiro, a dimensão. O que foi apenas um pequeno encontro em 2000 é hoje um grande evento internacional. Isso está à vista de toda a gente. Depois, o impacto que as Correntes hoje têm na comunicação social. No início, quase nem houve delas notícia. Hoje os grandes jornais, rádios e TV caem na Póvoa naqueles dias”.

A Mesa 12 do Correntes vai perguntar aos intervenientes se «Esta é a madrugada que eu esperava». É este sábado às 17h e, claro, Onésimo Teotónio Almeida fará parte do painel.

Fotos de José Alberto Nogueira, durante a entrevista concedida pelo autor à Rádio Renascença na quinta-feira à tarde