Operação da PSP detém 18 pessoas e faz buscas em estabelecimentos da Póvoa e Vila

0
8188

Dezoito pessoas, das quais 14 homens e 4 mulheres, com idades entre os 29 e os 47 anos, foram detidas pela PSP esta quarta-feira, “no âmbito da prática ilícita do tráfico de estupefacientes, nos concelhos da Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Matosinhos e Funchal (Madeira)”, confirmou a entidade policial.

A operação, que decorreu durante a manhã, entre 06H45 e as 12H00, fez 49 buscas, das quais 25 domiciliárias e 24 não domiciliárias, e incluiu buscas a dois estabelecimentos de restauração e bebidas de Vila do Conde e Póvoa de Varzim, concelhos “com especial enfoque na atividade à prática ilícita de estupefacientes”, informou a PSP.

A polícia esclarece também que “dos 18 cidadãos, 17 portugueses e 1 de nacionalidade brasileira, estão “maioritariamente relacionados com a restauração e/ou organização de eventos musicais, permitindo-lhes de forma privilegiada a disseminação da sua atividade nesses locais, tinham também peso na venda de estupefacientes diretamente ao consumidor nos principais espaços de animação noturna dos concelhos de Vila do Conde e Póvoa de Varzim”.

Desta ação desencadeada pelos agentes da PSP resultou, ainda, na constituição de mais 4 pessoas como arguidas, na apreensão de 75 mil euros em notas, cocaína, haxixe, cannabis, MDMA e ecstasy, suficientes para a preparação de cerca de 4000 doses individuais, duas viaturas, 5 facas para corte de produto, duas armas e 10 balanças de precisão.

Esta operação contou com a intervenção de elementos da Investigação Criminal, Investigação Criminal da PSP da 8ª Esquadra de o Porto, além do Comando Regional da Madeira, e da Unidade Especial de Polícia, Equipas de Intervenção Rápida.

Os detidos vão ser presentes na próxima sexta-feira, pelas 09H00, junto do juiz de Instrução Criminal do Tribunal de Matosinhos.