Prisão preventiva por roubos em casas, lojas e carros

1872

A GNR deteve um casal de 30 e 32 anos, pela prática de quatro furtos qualificados e quatro furtos simples, em Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Maia.

A detenção foi efetuada no âmbito de uma investigação relacionada “com uma série de furtos em residência, veículo, e em estabelecimentos, em que os suspeitos, através de arrombamento, durante a noite, introduziam-se no seu interior e furtavam, principalmente, telemóveis, computadores portáteis, dinheiro, jóias e peças de vestuário, procedendo à comercialização dos mesmos no dia seguinte”, explicam os militares em comunicado.

Foram cumpridos dois mandados de detenção, tendo ainda sido apreendido uma viatura, um telemóvel, 390 zoletes (moeda polaca) e diversas peças de vestuário.

Os detidos, com antecedentes criminais pelo crime de roubo, foram presentes dia 4 de janeiro, no Tribunal Judicial do Porto, onde lhes foram aplicadas as medidas de coação de prisão preventiva para o homem, e apresentações diárias e obrigação de frequência de tratamento de desintoxicação para reinserção social para a mulher.