Residente em Vila do Conde detido por vender recém-nascidos

2393

A Polícia Judiciária deteve na quarta-feira uma mulher, de 41 anos, e um homem, de 45 anos, por quatro crimes de tráfico de seres humanos entre 2011 e 2017.

A mulher, uma cidadã de nacionalidade brasileira, pasteleira de profissão e residente no Porto, e um português morador em Vila do Conde e com trabalho na construção civil, estão juntos como casal há 10 anos,

De acordo com o comunicado da PJ, os crimes do casal referem-se ao período entre 2011 e 2017, por entregarem quatro recém-nascidos, mediante pagamentos pecuniários e outras contrapartidas, a cidadãos residentes no espaço europeu.

As provas foram encontradas pela PJ nas buscas domiciliárias efetuadas no dia de quarta-feira. Os dois detidos vão ser presentes à autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.

A descoberto por parte da PJ terá começado numa denuncia anónima “com alguma consistência” que alertou para desaparecimento de bebés após gravidezes da mulher, de nacionalidade brasileira. As 4 crianças, entre um e sete anos, poderão ter sido vendidas na ordem dos 20 mil euros cada e devem estar em países da União Europeia.