Siza Vieira em Vila do Conde para classificar prédio bancário como imóvel de interesse público

0
1138
Imagem: Facebook Câmara Municipal de Vila do Conde

O Arquiteto Álvaro Siza Vieira, autor do projeto do prestigiado e premiado edifício da agência bancária do Banco Borges & Irmão (1986), atual BPI, visitou Vila do Conde por forma a auxiliar na construção do dossiê de classificação como imóvel de interesse público.

Siza Vieira reuniu, numa conversa informal, com a Presidente da Câmara, Dra. Elisa Ferraz, o Vice-Presidente, Dr. Pedro Gomes e com técnicos do município para clarificar algumas questões e a ceder mais dados sobre o edifício que possam vir a enriquecer os conteúdos históricos e técnicos do dossiê de classificação como imóvel de interesse público.

O edifício, inaugarado em 1986 foi o único projeto português a ser galardoado com o prestigiado prémio de arquitetura Mies van der Rohe, em 1988, na sua primeira edição. Este prémio, que consagra arquitetos da União Europeia, possibilitou o tardio reconhecimento nacional do arquiteto Siza Vieira, que anos mais tarde viria a receber o Prémio Pritzker, considerado o prémio nobel da arquitetura.

Ainda, a sua forma arredondada, considerada inovadora e provocadora para a época, trouxe e continua a trazer muitos visitantes a Vila do Conde, sobretudo estrangeiros, para visitar a agência bancária, a qual também integra o mapa de arquitetura da região do Porto, editado pela Ordem dos Arquitetos.

A integração do edifício na paisagem envolvente do centro histórico da cidade e a sua relação e diálogo com dois monumentos tão importantes e identitários da cidade, a Igreja Matriz e o Mosteiro de Santa Clara, torna-o um elemento diferenciador e um marco na arquitetura vilacondense e naturalmente na arquitetura portuguesa.

Imagem: Facebook Câmara Municipal de Vila do Conde