Sábado, Setembro 18, 2021
More

    Socialistas em cenário azul na apresentação dos candidatatos à Câmara e juntas de Vila do Conde (fotos)

    “Uma Câmara que aposte num modelo de gestão inteligente ao serviço efetivo das pessoas e do desenvolvimento sustentado do concelho” afirma Vitor Costa, candidato do PS à Câmara de Vila do Conde, durante uma sessão pública que decorreu na noite de sábado, no Largo da Alfândega.

    Num cenário com fundo azul, onde imperou a imagem, luz e som, Vitor Costa surgiu perante muitos apoiantes, entre os quais os candidatos às juntas de freguesia do concelho vila-condense. O candidato à Câmara contou também com o apoio de Manuel Pizarro, presidente da Federação distrital do Porto do PS, e de João Trocado, candidato do partido à Câmara da Póvoa de Varzim.  

    Vítor Costa, apresentou-se como o único candidato a presidente de câmara no país escolhido em eleições diretas abertas à participação dos vila-condenses que quiseram (mais de 2.300 votantes).

    Esta ação culminou uma primeira fase da campanha de Vitor Costa, que segundo o próprio será “uma campanha de proximidade, positiva e proativa, sem ataques pessoais de qualquer espécie e sem rancores”. 

    Abel Maia deixa de ser militante do PS

    Entretanto, horas antes, Abel Maia, um dos mais importantes militantes do PS em Vila do Conde, anunciava a decisão de deixar a militância por não concordar “com as opções políticas do PS em Vila do Conde. Em consequência, com profunda tristeza, afasto-me de toda e qualquer atividade partidária”, escreveu o advogado na sexta-feira.

    Já no dia de sábado, Abel Maia explicou que “depois de escrever o post anterior, recebi do PS uma espécie de newsletter a informar, como se eu não soubesse, que quem apoiar candidatos fora do PS estaria sujeito à pena de expulsão. Não é bem verdade universal, porque ninguém foi expulso pelo apoio à NAU. E muitos, em Matosinhos, quando apoiaram o saudoso Guilherme Pinto, candidato extra ps também ficaram impunes.Mas percebi o recado a que não será estranho o ps local atual e a Federação.Fiz-lhes a vontade. Saí. Passo ao estado de civil independente”, concluiu.

    Fotos José Alberto Nogueira

    Artigos Relacionados

    Mais/Semanário