Desligadas duas torres de refrigeração por causa do surto de legionela

A Administração Regional de Saúde do Norte decidiu suspender o funcionamento das torres de refrigeração de duas indústrias em Matosinhos, como medida preventiva do surto de legionela que se verifica nos municípios de Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Matosinhos.

Em comunicado enviado às redações, a ARS explica também que “a dispersão geográfica dos casos é compatível com uma eventual fonte ambiental, sujeita aos efeitos das alterações climáticas da depressão Bárbara, que se verificou em território nacional durante o período de incubação dos referidos casos”.

A mesma fonte assegura que está a ser conduzida “a investigação epidemiológica e ambiental”, mas, como medida cautelar, procedeu a esta suspensão.

A ARS-Norte mantém-se também “atenta à evolução da situação” e aplicará “as medidas adicionais que se revelem necessárias ao controlo da situação”.

Há houve 72 casos associados a este foco.